Thursday, 31 March 2011

Que pena [Feather]

... restara apenas uma memória de vento azul, sem o longe de uma asa.

Wednesday, 30 March 2011

A folha [The leaf]

...corria-lhe nas veias a luz do entardecer.

Tuesday, 29 March 2011

Sombra musical

E se  eu dedilhar as sombras para compor uma manhã de verão?

Saturday, 26 March 2011

Transparência de um afago [Caress]

um sopro de luz
entre dedos poisado

Thursday, 24 March 2011

Leitura de uma gota [Code]

Sei...
que numa única gota pode caber o mar inteiro.

Tuesday, 22 March 2011

Amanhecer... [Dawn]

                                                                      ... devagar
                                                                    ... com vagar
...dedos de espuma...pés de sal.

Monday, 21 March 2011

A árvore [The tree]

Hoje plantei umas quantas palavras
Talvez o amanhã me surpreenda com tudo, de novo...outra vez.

Saturday, 19 March 2011

Friday, 18 March 2011

O homem que contava estrelas... [The man who counted stars...]

                                                          ...sentado à beira do amanhã

Tuesday, 15 March 2011

Escolha [Choice]


Monday, 14 March 2011

O lado colorido da Lua [ The colourful side of the moon]

Amanhã, bem cedo, pego no meu lápis e vou por aí...talvez consiga pintar os arranhões do dia.

Thursday, 10 March 2011

Palavra em Lua cheia [Word in full moon]

Quando a pele já não absorve tudo o que é negado, seremos suficientemente importantes para que o sim aconteça?

Tuesday, 8 March 2011

Semibreve



Traço pentagramas no dia e, enquanto a chuva (des)compõe silêncios,
 eu fico assim... semibreve, a dançar a tarde com pés de lã.

Monday, 7 March 2011

Poiso azul [ A blue branch to perch ]

                                                   Recortei as sombras e encontrei um pássaro poisado no céu.

Friday, 4 March 2011

Pedaços [Pieces]

                                     Hoje rasgo a noite em mil pedaços e amanhã reinvento o luar.

Thursday, 3 March 2011

Tuesday, 1 March 2011