Wednesday, 6 February 2013

Aluga-se vaso de uma assoalhada...

... a semente  com vocação para flor.

6 comments:

João Menéres said...

Se as vistas me agradarem, eu alugo !
Quando posso ir vê-lo ?

Um beijo pousado junto da saqueta das sementes.

João Menéres said...

Se a imagem é uma delícia, o título é genial !

Anonymous said...

ah!, agora entendi além do ramo da educação abraçou também o ramo do imobiliário ... alguma coisa tinha de justificar o desencontro ... são horas a fio a tentar encontrá-la e nada ... agora sim está tudo claro.
Podemos agendar a visita ao dito imóvel ?! e o contrato será a tempo certo ou indeterminado ? Como deve saber o RAU foi alterado , terá de me informar.
Expectante por tal encontro e sabendo desse seu hábito (amoroso decerto ) de falhar uns minutos para a hora marcada, atrevo-me mesmo a levar as peças do xadrez ...
Aguardo com total enlevo a informação do dia e hora ...
T

Remus said...

Um vaso à Porto é sempre um excelente e magnifico vaso. É garantido que dará belas flores. Só precisa de ser amado.
:-P

João Menéres said...

...e regado, Remus.

Margarida Belchior said...

... está virado a poente? ... e a vista é desafogada? ... dá para o mar?

:-))

Beijinhos mascarados