Tuesday, 13 June 2017

Com conta, peso e medida

Para usar na receita de um dia perfeito.

7 comments:

Dida said...

Fiquei intrigada.
Ou deverei dizer pasmada?
Não faço a mínima para que serve o medidor. Ou mesmo se o é?!...

Rasuras do Aparo said...

... acho que apesar de uma foto espectacular em que consigo ver um céu estrelado como se estivesse na aldeia ...longe da luminosidade da cidade ... não concordo que seja esta a receita para um dia perfeito ... nem eu ... nem tu ... titulo que enquadra a foto e o texto subsequente de uma forma cintilante ... mas sem um pouco de loucura ... não existem dias perfeitos ...

Luis said...

Una buena idea sobre cómo con poco se puede hacer mucho. Me gusta en su sencillez. Un abrazo

Remus said...

Já respirei fundo... várias vezes.
Já insultei a L.Reis... várias vezes.
Já suspirei e já tentei acalmar as tensões arteriais... mas sem grande sucesso.
Já fiz isso tudo, mas o sentimento de revolta permanece em mim. E nem o facto de hoje ser dia de Santo António me acalma.
Além disso, nem sei o que me irrita mais, se é o facto de a L.Reis ter estes medidores, se o facto de os ter fotografado em conjunto ou se o facto de os ter fotografado no espaço, por entre um mar de estrelinhas.
Não sei... Não sei mesmo!
Mas se calhar é isso tudo junto e mais algumas coisas, que ficou concretizado nesta fotografia/ideia fantástica.
E tenho dito!
Over and out!

Manu said...

Não fosse a medida eu diria que alguns planetas brilharam por aqui na medida perfeita e eu acrescentaria mais uns bons litros e imaginação.

Ana Freire said...

Tenho que arranjar um instrumento destes...
As minhas fotos... é que ainda andam a anos luz... destas ideias perfeitas...
E saindo daqui... acho que vou aviar uma receita... mas é para os nervos...
Beijos
Ana

João Menéres said...

Uma colher para cada !

BjKa.


( A Ana Simões fica a perder ! ).